Gestores financeiros em todo o mundo estão preocupados com a hipótese de que suas empresas possam ser vítimas de fraudes corporativas. O que acontece muitas vezes também é que as empresas tem receio de perderem a sua reputação no mercado no qual está inserida, perderem clientes para a concorrência e obviamente, terem perdas econômicas devido a fraudes cometidas.

Isto ocorre devido à falta de ferramentas tecnológicas para a prevenção de fraudes. Um estudo da ACFE (Association of Certified Fraud Examiners) em 125 países, relata que possuem mais de 2.000 casos de fraude comercial e cerca de 21% deles perderam cerca de R$5 milhões, nos mais diferentes tipos de fraude.

Neste post falaremos sobre alguns custos financeiros que estão ligados a fraudes. Acompanhe!

Multas

O custo médio de fraude para grandes empresas (empresas com vendas anuais de mais de R$ 27 bilhões) ultrapassa R$ 108 milhões. Uma em cada dez empresas perde mais de R$ 540 milhões. Em certas áreas, como saúde, infraestrutura, biotecnologia, farmacêutica, construção, engenharia e serviços financeiros, mais de um quinto das empresas confessam ter perdido mais de R$ 5 milhões.

Quando uma empresa infringe as normas da LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados), por exemplo, é considerado um crime digital — ataques a bancos de dados informatizados e sistemas ou utilizar os meios digitais com o intuito de cometer crimes tradicionais.

Além disso, pode ser considerado também um tipo de fraude, que pode trazer grandes transtornos para empresa e ocasionar em multas. Ela foi conduzida de acordo com a legislação vigente na Europa, regulamentando a forma como os dados pessoais de clientes devem ser tratados pelas organizações privadas e públicas.

Se pessoas físicas e jurídicas violarem as regras exigidas, a LGPD listará uma série de sanções, incluindo advertências destacadas, e poderá tomar medidas corretivas, podendo ser aplicada multa máxima de 2% das vendas, com limite máximo de 50 milhões de reais; eliminar ou bloquear os dados pessoais ligados à irregularidades, suspensão parcial das operações do banco de dados e proibição parcial ou total das atividades de processamento.

A Agência Nacional de Proteção de Dados (ANPD) é responsável pela aplicação das leis e pela punição de infrações, órgão vinculado à Presidência da República. Lembrando que somente entrarão em vigor as sanções por desobediência à LGPD, depois de agosto de 2021.

Além disso, o artigo 195.º da lei 9.279/96. determina que realiza concorrência desleal quem utiliza meios fraudulentos, com o intuito de "roubar" os clientes de seus concorrentes Esse artigo enumera 14 tipos de concorrência desleal, incluindo a utilização e divulgação de segredos industriais e comerciais por concorrentes e empregados.

Se for considerado culpado, o funcionário poderá pegar até três meses a um ano de prisão, além de pagar indenização e multas por atos ilícitos.

Reparos internos

Quando a falência for notória ou houver motivos conhecidos por outros contratantes, os contratos onerosos com devedores falidos também serão nulos. Nos casos conjecturados na lei, ou quando as ações do infrator forem consideradas uma ameaça aos direitos de outras pessoas, ele tem a obrigação de reparar o dano. Ao estudar fraude, descobre-se que existem muitas regras relacionadas à fraude.

Essas regras tratam de ética, tecnicismo, comportamento civil e comportamento criminoso. O impacto da legislação pertinente variar de revisão pública por comitês regionais a compensação financeira por sanções criminais que causam perdas econômicas, incluindo restrições a visitas.

Taxas de estorno

Em uma empresa que realiza vendas pela internet, por exemplo, é de conhecimento que o custo gerado pela fraude precisa estar sempre incluso no risco do negócio — afinal de contas, o responsável pela compra (reembolso) realizada com cartão roubado é o lojista. Os danos causados ​​por fraude podem exceder muito a perda de dinheiro ou produtos. A reversão é apenas a primeira e mais óbvia consequência da fraude online.

Existem outros "níveis" que podem prejudicar suas vendas ou causar danos que geralmente são irreparáveis ​​ao seu negócio. Ao perceber que sua empresa sofreu muitos golpes, ultrapassando a alíquota aceitável de 1% ou outros indicadores pré-determinados, o adquirente do cartão de crédito pode incluí-lo no processo de reembolso.

A empresa será notificada inicialmente que se ela não resolver o problema dentro de um determinado período (aproximadamente três meses), ela começará a receber multas de empresas de cartão de crédito. Essas taxas são denominadas em dólares americanos e são progressivas, tornando-se cada vez mais graves nos últimos meses.

Em certas situações, os comerciantes podem enfrentar uma multa de até $200 para cada dedução recebida (exceto para deduções e perda de mercadorias enviadas a criminosos que podem usar cartões roubados para fazer compras).

Processos judiciais

Uma ação judicial pode prejudicar a reputação da sua empresa, pode custar-lhe dinheiro para se defender e pode resultar em um veredito contra a sua empresa e a favor do reclamante. É preciso ser ágil e tomar medidas inteligentes imediatamente para reduzir as chances de sua empresa perder um caso ou se envolver em um litígio demorado e prejudicial.

As empresas podem ser processadas por várias razões e a resposta a uma ação judicial dependerá da natureza da reclamação realizada contra sua empresa. Alguns dos motivos de surgirem esses processos judiciais são:

  • consumidores ou fornecedores acreditam que a empresa violou um contrato;
  • os acionistas afirmam que a empresa enganou o público sobre a situação financeira da empresa;
  • os funcionários alegam demissão injusta, discriminação ou violação das leis de salário e hora de trabalho;
  • empresas ou indivíduos afirmam que sua organização infringiu seus direitos de propriedade intelectual.
Demissões

Quando uma empresa demite funcionários, ela pode achar que está economizando dinheiro. As empresas costumam demitir funcionários na expectativa de que colherão os benefícios econômicos como resultado do corte de custos.

Porém, toda vez que você precisa de novos profissionais para o seu próximo projeto, a organização tem os custos de encontrar e contratar novas pessoas e, em seguida, colocá-las em ação, o que significa perda de produtividade e todos os tipos de custos indiretos.

Por fim, às vezes é difícil acompanhar o mundo em que vivemos, devido à rapidez de suas mudanças. O mesmo acontece com a fraude; novas formas são utilizadas e criadas todos os dias. Para evitar custos financeiros com elas, é preciso também contar com a ajuda de uma empresa de renome no mercado, como a Truora! Conta uma tecnologia avançada, com solução para prevenir fraudes e golpes nas empresas.

Viu como é importante ter ferramentas para prevenir fraudes em sua empresa? Então, entre em contato conosco e veja como podemos te ajudar!

Neste artigo irá encontrar:

Subscreva nosso blog

Todas as informações e conteúdos que o seu negócio precisa, em apenas três minutos de leitura.

click here!