Existem situações em que é muito importante contar com o Background Check no setor de RH. Esse é um relevante procedimento que tem como finalidade fazer uma checagem minuciosa de informações referentes a uma determinada pessoa física ou jurídica.

Trata-se de uma das medidas preventivas mais adotadas pelas companhias que desejam estar de acordo com a legislação vigente. Por meio dessa ferramenta é possível reduzir riscos em diferentes procedimentos, inclusive durante a contratação de colaboradores.

Se você tem interesse pelo tema e deseja descobrir mais sobre o Background Check e os motivos pelos quais ele deve ser usado pelo setor de RH das empresas, continue a leitura deste post que vamos apresentar todos os detalhes. Confira!

O que é e para que serve o Background Check?

Background Check é um termo em inglês que significa checagem de antecedentes. Trata-se de um procedimento que visa encontrar o maior número de informações sobre determinada pessoa para facilitar o processo de tomada de decisões.

Usando dados como CPF, nome ou CNPJ é possível analisar o antecedente de uma pessoa e avaliar qualquer vestígio que possa indicar problemas legais, financeiros, comerciais ou até mesmo criminais.

Em razão de seus benefícios, trata-se de uma prática que já é conhecida no compliance. Contudo, ela também é recomendada para muitos outros ramos de uma organização, justamente porque é capaz de conceder mais segurança para os processos.

Dessa maneira, o Background Check é um processo que pode ser usado, por exemplo, durante o processo seletivo feito pelo setor de RH para obter informações sobre os candidatos ou até mesmo para avaliar novos fornecedores para parcerias comerciais ou possíveis clientes.

É possível dizer que o Background Check apresenta diferentes vantagens para as áreas da companhia que precisam lidar com informações de risco, uma vez que por meio dessa ação se torna possível:

  • contribuir para o recrutamento de novos colaboradores;
  • analisar situações que influenciam nos resultados da companhia;
  • analisar e identificar problemas comerciais;
  • credenciar novos clientes com a maior quantidade possível de informações;
  • ter respaldo jurídico para fechar contratos mais assertivos.

Assim, as companhias que não realizam a verificação de antecedentes e não validam as informações passadas pelos candidatos de processos seletivos, colaboradores, clientes ou parceiros, se expõem a muitos riscos e se tornam mais propensas a sofreram tentativas de fraudes, golpes, crimes cibernéticos ou roubos que são capazes de afetar toda a cadeia de operações do negócio.

Por que as empresas devem usar o Background Check no setor de RH?

Agora que você já conhece o Background Check e sabe para que essa relevante ferramenta serve, chegou o momento de apresentar os principais motivos pelos quais ele deve ser usado no setor de RH. Confira!

1. Conferência de antecedentes criminais

A conferência de antecedentes criminais em processos seletivos pode ser relevante para diferentes áreas, especialmente nos casos em que o profissional vai ter em seu cotidiano profissional acesso a informações sigilosas, grandes quantias de dinheiro, transporte de cargas e porte de armas. Ou, ainda, nos casos em que há contato direto do colaborador com crianças, idosos ou outros grupos vulneráveis.

Nessas situações, o ideal é fazer o procedimento de Background Check a fim de diminuir os riscos existentes da contratação. É possível consultar fontes como tribunais de justiça, polícias Civil e Federal e o Banco Nacional de Mandados de Prisão (BNMP). Se for preciso, a companhia pode consultar até mesmo listas internacionais à procura de sanções e restrições.

2. Checagem de informações educacionais e profissionais

Mais um tipo comum de Background Check é aquele que tem como objetivo investigar informações educacionais e profissionais do candidato, como as relacionadas com o seu passado trabalhista e acadêmico, a fim de confirmar informações como cargos anteriores, salários e histórico escolar.

Os processos mais aprofundados podem envolver até mesmo contato com antigos professores, colegas de trabalho, secretarias de escolas e universidades e até mesmo familiares. Contudo, é válido ressaltar que essa investigação não deve ultrapassar limites éticos e de privacidade.

Trata-se de uma checagem relevante porque existem precedentes de pessoas que declararam informações falsas em seu currículo Lattes — plataforma acadêmica utilizada no Brasil —, como uma informação acadêmica inexistente ou experiências profissionais falsas.

3. Prevenção de fraudes de identidade

Uma das formas mais comuns de verificação de antecedentes, é a prevenção de fraudes de identidade que tem como objetivo a mera confirmação dos documentos e dados pessoais de um indivíduo, como seu RG, nome, endereço ou status migratório.

4. Diminuição do turnover

Mais um dos benefícios de se realizar um Background Check no RH de forma eficaz é a possibilidade de diminuir o turnover (ou seja, é possível reduzir a alta rotatividade de colaboradores caracterizada pelo fluxo de entradas e saídas de indivíduos em uma empresa), uma vez que a paridade de informações passa a ser maior.

5. Proteção contra escândalos

As empresas, de modo geral, devem procurar se manter longe de escândalos — motivo pelo qual os programas internos de ética e compliance se mostram grandes aliados das companhias.

Nos casos em que o setor de RH realiza a checagem de antecedentes durante o processo seletivo é possível filtrar e excluir os candidatos que já se envolveram em escândalos anteriormente em sua carreira profissional a fim de evitar que a situação se repita e prejudique a companhia.

6. Cumprimento da lei

Se manter em conformidade com a legislação vigente no país é primordial para que a reputação da empresa não seja prejudicada. Bem como, para evitar a perda financeira, uma vez que em caso de descumprimento da lei multas de custos altíssimos podem ser aplicadas pelos órgãos reguladores, gerando grandes prejuízos financeiros.

Nesse sentido, adotar um procedimento de Background Check é uma medida importante para garantir que somente pessoas que não tem problemas com o cumprimento da lei no ambiente de trabalho sejam mantidas no quadro de funcionários da empresa.

Como vimos, o Background Check no setor de RH é fundamental para evitar prejuízos e para que a organização mantenha uma boa reputação. Para implementar essa medida, o ideal é contar com o auxílio de uma ferramenta especializada que realiza a verificação de antecedentes de maneira rápida e segura, como o TruChecks.

Continue a visita em nosso blog e descubra por que decisões estratégicas sobre pessoas aumentam o impacto da liderança nos negócios!

Neste artigo irá encontrar:

Subscreva nosso blog

Todas as informações e conteúdos que o seu negócio precisa, em apenas três minutos de leitura.

click here!